• Portais do Grupo Hoje Comunicações

O verdadeiro amor

o verdadeiro amor

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. João 3:16

Assim que me casei, minha esposa iniciou suas atividades culinárias. A batata cozida era bem dura, e o macarrão era do tipo ‘unidos venceremos’ grudadinho, grudadinho. Mas o ápice foi chuchu com casca. Eu comia tudo, sem reclamar, por amor.

Existem três formas de amar: o amor ‘se’, o amor ‘porque’ e o amor ‘apesar de’.

O amor ‘se’ é o que impõe condições para acontecer. Eu amo minha esposa se ela souber cozinhar. Eu amo meu filho se ele passar de série na escola. Esse tipo, depende de algo para existir.

O amor ‘porque’ é o que precisa de uma causa. Eu amo minha esposa porque ela é bonita. Eu amo meu filho porque ele é inteligente.

O amor ‘apesar de’ é o verdadeiro. Eu amo minha esposa apesar dela fazer chuchu com casaca. Eu amo meu filho apesar dele não ter passado de série.

Esse último é o amor que Cristo tem por nós. Ele nos ama ‘apesar de’ sermos pecadores, de não merecermos. O amor de Deus é incondicional.

João 3:16 é o versículo da bíblia mais conhecido e recitado. As crianças aprendem a memorizá-los desde cedo. Este verso é mencionado em diferentes circunstâncias da vida. Pessoas gostam de escrevê-lo na beira das estradas, nas rochas, painéis e outros lugares inusitados.

Por que João 3:16 contém uma mensagem para todos?

  1. Contém amor suficiente para todos nós;
  2. Contém sacrifício suficiente para cada um de nós;
  3. Contém convite suficiente para cada um de nós;
  4. Contém oferta de vida duradoura para todos nós

O mundo alienado e condenado recebe de Deus o presente da salvação:

  • A força motivadora: O amor
  • O iniciador: Deus
  • O mediador: O Filho unigênito
  • O destinatário: O mundo
  • O beneficiário: todo aquele que crê
  • A recompensa: a vida eterna

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira”. Amor suficiente para todos. O que aconteceria se Deus não amasse o mundo? Não teríamos esperança de salvação e vida eterna. Nossa vida não teria propósito ou significado. A religião não precisaria existir, pois não haveria cristianismo e salvação.

Deus ama a todos! Não importa o que tenhamos feito ou em quem cremos. Não importa se aceitamos ou não o seu amor. Ele é incondicional, perfeito e suficiente para todos. A vida humana encontra seu verdadeiro valor e significado na relação com Deus que ama. Sem o amor no mundo, não existiria pessoas como Madre Teresa Calcutá.

“Que deu o seu Filho unigênito”. Sacrifício suficiente para todos. Seu nascimento foi profetizado, sua vida foi sem pecado. Sua morte e ressurreição foram aceitos pelo pai. O preço foi pago pela nossa redenção. Ele morreu em nosso lugar para que pudéssemos ter a esperança de vida, a vida que nunca acaba.

“Para todo aquele que Nele crê”.  Convite suficiente para todos. Uma expressão que inclui a todos, mas que é particular para cada um de nós. Em que você tem colocado suas forças? No trabalho, na família, no dinheiro? Creia no único capaz de solucionar seus problemas.

“Não pereça”. Tem você perecido? Qual tem sido sua dificuldade. A promessa é  para aquele que crê não pereça. Mesmo que você sofra aqui, existe uma esperança: ⇓

“Mas tenha a vida eterna“. A recompensa é o que mais necessitamos e queremos. Foi por isto que Deus nos criou originalmente.

Por mais que soframos aqui, não será para sempre. Deus fez de tudo para nos ver feliz; deu a vida, criou o mundo, deu o máximo: sua própria vida. Agora, está oferecendo um lugar para morarmos eternamente com ele no céu.

A duração de nossa vida neste mundo é ao redor de 70 a 80 anos. Vida eterna é algo muito melhor. Todos amamos a vida e queremos viver. Aqui está um versículo bíblico para todos nós.

 

Rodrigo Chagas é graduado em Jornalismo pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP), Pós-Graduado em Webjornalismo e também Finanças pela Faculdade Sul Mineira (FASUL). Possui certificação em investimentos pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (AMBIMA). Atualmente estuda Teologia na Faculdade de Teologia (FAT), no Centro Universitário Adventista de São Paulo, (UNASP). É especialista em atuação comercial. Dispõe ampla vivência em gerenciamento de grandes contas PF e PJ e também com gestão de pessoas. São 14 anos trabalhando em empresas de grande e médio porte em áreas administrativas, financeiras, assessoria de comunicação, riscos de crédito e produtos. Atualmente é Editor Chefe do portal de notícias Artur Hoje. É casado com a Tatiane e pai do Davi.