• Portais do Grupo Hoje Comunicações

Morre Valentina Capato: família pretende doar órgãos

Valentina Capato

avó de Valentina, “Sidirlei Aparecida da Silva”, 47, que dirigia o carro continua detida

Sidirlei Aparecida
Segundo Polícia Municipal, Sidirlei teria sido transferida para o ‘seguro’ de Hortolândia

Foi confirmado agora há pouco a morte de Valentina Capato, de apenas um ano e 10 meses. A menina foi arremessada para fora de um carro depois de um grave acidente que aconteceu início da noite do último sábado, 16 e noticiado aqui pelo Portal Hoje.

Ontem chegamos a informar aos nossos leitores que o “anjinho” Valentina já teria sido diagnosticada com falência encefálica e que teria apenas 24 horas para responder aos estímulos dos médicos. Infelizmente, Valentina não teve resposta positiva a nenhum dos testes feitos pelos médicos que a acompanhavam até agora.

Na tarde desta terça-feira, 19, os profissionais  da UNICAMP confirmaram a morte de Valentina. Segundo o hospital e com informações checadas com familiares, os aparelhos que mantêm Valentina viva serão desligados amanhã de manhã.

Segundo informações apuradas pela equipe do HOJE e confirmadas pela Polícia, um juiz teria estipulado fiança no valor de três salários mínimos, R$ 2.811,00. Ainda segundo informações conseguidas com exclusividade por nossa equipe, Sidirlei Aparecida da Silva, de 47 anos, estava detida em Campinas, mas por conta da revolta de algumas detentas e a pedido de um advogado, Sidirlei teria sido transferida para o “seguro” de Hortolândia, SP.

Algumas mudanças no processo da avó de Valentina devem acontecer. Isso por conta da morte da bebê, agora, dona Sidirlei deve passar a responder a acusação de homicídio culposo (Art. 302 – CTB), aquele que a pessoa não tem intenção de matar. Além de também responder por lesão corporal (Art. 303 – CTB) e, embriaguez ao volante (Art. 306 – CTB).

Familiares informaram para a equipe do HOJE, por telefone, que optaram por fazer a doação dos órgãos de Valentina Capato, para “dar oportunidade de outra pessoa ter a vida prolongada e saudável”.

Família doará órgãos de Valentina Capato
Família doará órgãos de Valentina Capato

Editorial

Lamentamos profundamente a perda do anjinho Valentina nessa tragédia que se abateu em nossa cidade. Lamentamos também, profundamente, que algumas pessoas ainda insistem em tentar desqualificar a realidade dos fatos, invés de usar as mais diversas situações como exemplos que precisam ser seguidos; ou não. O HOJE sempre vai expôr todos os fatos, com nomes e, quando possível, com fotos. Pois os acontecimentos só são realidade porque envolvem pessoas, logo, os fatos precisam ser noticiados com os nomes e o máximo de clareza e responsabilidade.

Que Deus dê forças e conforte toda a família do nosso anjinho. Assim que tivermos o horário do sepultamento, informaremos aos nossos leitores que quiserem fazer sua homenagem a pequena.

 

Valentina nasceu em 04/02/2016, os aparelhos que mantêm a bebê viva serão desligados nesta quarta-feira, 20.