• Portais do Grupo Hoje Comunicações

Moradora faz pedido de cassação do presidente da Câmara Ermes Dagrela

A leitura e  votação do recebimento da denuncia foi feita na sessão da Câmara Municipal desta segunda-feira (05). O pedido de cassação veio de uma munícipe, Raquel Esteves Soleder, devido a suposta agressão  do presidente e do filho dele ao vereador Rodigo de Faveri (PTB) no dia 16/08/2018.

O pedido foi feito no dia 24/10/2018 e, devido ao regimento interno, foi acatado pelo vice-presidente Professor Adalberto (PMDB). No dia  30/10/2018 foi feito os apontamentos jurídicos pela Câmara e pautado na sessão. O vice-presidente assumiu a sessão para discutir essa pauta. Rodrigo de Faveri pediu para ficar de fora da votação e o presidente também não votou.

Segundo a denunciante, Ermes Dagrela (PR) e seu filho agrediu de forma covarde seu colega de bancada. “Se não fosse socorrido por munícipes, que ali passavam, o agredido poderia ter vindo a óbito por tanta barbaridade dos golpes deferidos contra ele”, declara Raquel Soleder por meio do documento.

Devido a essas agressões Raquel solicitou a cassação do presidente e ainda solicitou convocação de seu suplente. Conforme a denuncia, o pedido é um clamor da sociedade nogueirense.

Foram quatro votos favoráveis e seis contrários. A denuncia não foi acolhida pelo plenário por não atingir 2/3 dos votos e foi arquivada conforme Regimento Interno.