Ex-presidente da Câmara de Campinas, Elyseo Guidotti, morre após ser atingido por árvore em Artur Nogueira

Ele tinha 88 anos e acidente ocorreu quando ele realizava um trabalho de poda na fazenda onde morava, em Artur Nogueira. Ele foi parlamentar da Casa por três legislaturas, todas pelo MDB.

O ex-vereador de Campinas (SP) Elyseo Guidotti, de 88 anos, morreu em Artur Nogueira, na tarde desta quarta-feira (10), após uma árvore cair sobre ele na fazenda onde morava. Segundo a assessoria da Câmara de Campinas, ele foi presidente do Legislativo em 1980 e o acidente ocorreu no momento em que ele realizava um trabalho de poda na planta, auxiliado por um vizinho. Ele deixa três filhos.

O local e horário do sepultamento não foram definidos até esta publicação. De acordo com a Câmara, Guidotti foi parlamentar por três legislaturas, todas elas pelo MDB: de 1969 a 1972; de 1973 a 1976 e de 1977 a 1982. Além disso, informa nota do Legislativo, ele era comerciante e retornou para Artur Nogueira, cidade onde nasceu, após encerrar a carreira pública.

Nota da Prefeitura de Artur Nogueira

Consternado pela notícia do falecimento do Sr. Elyseo Guidotti, Ex Vereador do Município de Campinas e importante militante da redemocratização da República, o Prefeito Ivan Cleber Vicensotti acaba de decretar luto oficial de três dias no município de Artur Nogueira. Em nome de todos os colaboradores e de toda a população nogueirense, registramos os mais sinceros votos de pesar pelo falecimento de nosso bravo e honrado cidadão. A Prefeitura de Artur Nogueira comunica que não haverá suspensão de nenhuma atividade ou serviço público.

Câmara de Campinas

Em virtude da morte do ex-vereador, a Câmara dos Vereadores suspendeu a reunião ordinária marcada para esta noite. Com isso, os projetos previstos na pauta serão votados na segunda-feira (15), após os itens que já estavam previstos para esta data.

O atual presidente da Casa, Marcos Bernardelli (PSDB), registrou pesar da Câmara e houve um minuto de silêncio. Em nome do Plenário, o vereador Antonio Flores (PSB), que conhecia a família, fez uma elegia para Guidotti.

“Se elegeu como vereador em especial com os votos da Chácara da Barra , onde morou por anos e ajudou pessoalmente a construir a igreja de São Pedro Apóstolo, cujo primeiro pároco foi Padre Haroldo Rahm. Também era excelente orador e muito influente. Tombou um gigante”, diz texto.