Jovem procura pai biológico que estaria morando no Sacilotto 2

Jéssica Mikele da Silva não vê o seu pai desde os 9 anos de idade; quando sua mãe se mudou de Artur Nogueira para São José dos Campos, SP.

 

Jéssica completou 20 anos no último  dia 21/07, e só quer saber de um presente de aniversário: “conhecer o seu pai biológico, senhor João Aparecido Ferreira da Silva, que faz aniversário no mês de setembro e é conhecido na cidade como Cidão” .

A triste história de separação da jovem nogueirense começou bem cedo, ela tinha apenas três anos de idade, quando sua mãe decidiu pôr fim a um sofrimento que vinha tendo há anos. Jéssica conta que sua mãe relembra o caso com muito desgosto, porque seu pai bebia demais e, por conta da bebida, a mãe dela se separou do marido.

Aos poucos Jéssica foi ficando cada vez mais distante do seu pai, o Cidão. Até que sua mãe tomou uma decisão que iria mudar totalmente a sua vida a partir dali: se mudar de Artur Nogueira para São José dos Campos, a cerca de 400 quilômetros da cidade; são mais de 4 horas de viagem.

De lá para cá, nunca mais a jovem teve contato com o seu pai. Jéssica contou ao HOJE que a mãe se recusa a falar mais detalhes do ex-marido, ou mesmo fornecer uma foto dele, por este motivo temos somente a foto dela na reportagem.

Hoje Jéssica, que saiu ainda criança de Artur Nogueira, já têm dois filhos e está esperando o terceiro. Nenhum dos netos tiveram o prazer de conhecer o avô até hoje.

Se você conhece o pai biológico de Jéssica, ou sabe onde ele está morando, entre em contato com o HOJE ou com a própria filha que procura desesperadamente por seu pai: (12) 9.8264-1157, clique aqui!

 

OUTRO REENCONTRO DE NOGUEIRENSES

Esta não seria a primeira família nogueirense que o HOJE conseguiu reunir depois muito tempo. Em 06 de janeiro de 2.017 o irmão do senhor Severino Francisco da Silva, de 42 anos. Nossa equipe conseguiu fazer o reencontro da família depois de 20 anos.

 

NOGUEIRENSE DESAPARECIDA (Caso Arieli)

Outro caso que ganhou destaque na imprensa nacional, foi o caso da adolescente Arieli Pinheiro dos Santos, que desapareceu em Artur Nogueira. Desde então, a vida de parentes, amigos e vizinhos de menina se tornou um verdadeiro pesadelo.

Segundo a familiares de Arieli, depois de sair de casa, por volta das 22h de domingo, do dia 1° de outubro de 2017, para, supostamente, pegar o sinal de internet do vizinho, a jovem de apenas 13 anos nunca mais foi vista. E deixou pra trás um mistério que tira o sono da família e intriga todos os moradores de Artur Nogueira até hoje.